12 outubro, 2013

Como fazer um filme amador? – Parte 5

Os mais populares são o MP3, WMA, Ogg; AAC, WAV e muito outros. Apesar de o MP3 ser o mais popular o WAV têm mais qualidade mas também é mais pesado....

Saiba mais sobre formatos áudio na mensagem escrita por Douglas Brandão: Descubra as principais diferenças entre os formatos de arquivo de áudio

Os diversos formatos de áudio podem ser convertidos para outros formatos:

Eis dois conversores:
Todo e qualquer áudio pode ser editados.

As acções de edição de áudio passam por:
  • Seleccionar as faixas de áudio a trabalhar de um determinado formato.
  • Editar mono, estéreo e arquivos de áudio multi-canal.
  • Cortar, dividir, apagar, adicionar
  • Aplicar efeitos e filtros
  • Salvar em formatos populares
Eis dois exemplos de editores de áudio:
A edição de áudio é tanto ou mais complexa, para os não especialistas, do que a edição de vídeo. Assim vamos recorrer a um novo elemento (as aulas em vídeo ou vídeo aulas) que proliferam na web com a maior diversidade de qualidade.

Neste caso vamos recorrer a um músico, Luiz França, que disponibiliza no seu canal do YouTube diversas vídeo aulas sobre o Audacity. Clique no número da aula para aceder ao vídeo respectivo.
§ Aula 1 : Preferências e lame_enc.dll
§ Aula 2 : Como importar áudio
§ Aula 3 : Como seleccionar áudio e trabalhar com essas selecções. Cortar, colar, etc.
§ Aula 4 : Gravando áudio
§ Aula 5 : Continuação de Gravação. Alterar o picth (tom) e a velocidade do áudio.
§ Aula 6 : Mixagem do áudio: equalização, fade e exportação.
§ Aula 7 : Removendo voz e montando playbacks com o uso do plugin centerpanremover.

Também pode estar interessado em passar (ripar) música de um cd seu para o computador. Neste caso pode usar o Free Audio CD To MP3 Converter – Converter (e ripar) Música de um CD no formato mp3 sem perder a informação
Agora vamos fazer uma separação lógica dos tipos de áudio que podemos utilizar num vídeo:
  • Sons: São o tipo de áudio pré gravado de modo a reproduzir sons do dia-a-dia. Eles são dos mais diversos tipos tais como o ranger duma porta (sons caseiros), uma máquina a trabalhar (sons industriais), um canto dum pássaro ou duma onda do mar (sons da natureza) entre muitos milhares. Usam-se pontualmente em zonas específicas dum vídeo para realçar determinados aspecto ou transições entre diferentes blocos.
  • Narração: São gravações feitas, normalmente, pelo autor de modo a recriar a narrativa de partes ou de um todo dum vídeo. Usam-se pontualmente em zonas específicas dum vídeo ou, raramente, em todo o vídeo.
  • Músicas: Podem ser loops ou músicas propriamente ditas. Os loops são músicas que se repetem e podem ser usados normalmente no início dum vídeo ou no seu final, neste caso pode estar associado a uma imagem de marca, logótipo e/ou créditos. As músicas são usadas principalmente com músicas de fundo do próprio vídeo e são usadas em todo ou em grande parte do vídeo.
A utilização conjunta destes 3 elementos, na criação dum vídeo, vai depender do tipo de editor de vídeo utilizado. Existem editores vídeo que permitem mais que uma faixa de áudio, enquanto outros só permitem uma faixa. Neste ultimo caso, se o autor quiser usar dois ou três elementos áudio terá de fazer a integração, dos elementos pré-gravados, na única faixa de áudio ou em alternativa fazer a composição integral previamente num editor áudio e depois integrá-lo e sincroniza-lo com as imagens.

No que respeita aos elementos áudio falta uma particular chamada de atenção para a narração.
Ao fazer uma narração no seu computador terá de ter em atenção todos os ruídos envolventes e utilizar material adequado para a execução.
Oscultadores com altifalante incluído para usar na narraçãoComo material deve utilizar uns “head phones com speaker” (oscultadores com altifalante incluído). Representado na figura ao lado esquerdo. Deve ter o especial cuidado de o altifalante estar a uma distância razoável da sua boca de modo a gravar a sua voz mas não outros sons tais como a sua respiração.
Tenha em consideração os elementos envolventes na sua área de gravação e particularmente por detrás de si. Janelas abertas onde se ouve os carros numa estrada próxima ou um relógio que marca os segundos, são sons que talvez não gostará de juntar à sua narração.
Depois ainda temos de ter em consideração a gravação da narração. Mais uma vez existem editores de vídeo que permitem a narração directamente sobre o filme mas não todos.
Se não for este o caso precisa de um gravador de áudio. 

O Audicity permite esta função, mas existem outros programas, alguns deles no seu computador, que permitem as funções básicas da narração. Eis um exemplo:
No Windows 7, no menu iniciar escreva “gravador de áudio”, clique no nome do programa e aparece a interface (ver figura)
Gravador de áudio do Win 7
Com o seu oscultador com altifalante incluído devidamente ligado pode iniciar a gravação clicando botão com o mesmo nome e procedendo de acordo com o desejado. Salve o seu ficheiro (normalmente em MP3) que mais tarde irá usar no seu filme. Pode efectuar esta acção com a visualização conjunta do seu vídeo se antes o “alinhavou” no respectivo editor vídeo.

Outra alternativa para efectuar a sua narração é o Free Sound Recorder com a mensagem descritiva Free Sound Recorder.

Outro aspecto muito interessante é o que se relaciona com os sons. Você pode gravar os seus sons mas vai necessitar de equipamento adequado para o fazer em condições.

Existe uma infinidade de sons na internet, como mais adiante indicarei.

Nesta altura gostaria de lhe mostra uma funcionalidade que funciona online e que lhe irá permitir, a partir duma base de dados, fazer a mistura de sons da natureza com um misturador de 4 pistas, que resulta muito bem e que pode na perfeição, ser utilizado nos seus filmes. O site chama-se “ Nature sounds for me” (Sons da Natureza para mim) e encontra-se descrito nesta mensagem: Crie a sua mistura de sons dum modo muito simples

Bom e acabamos os desenvolvimentos dos elementos que constituem no seu todo ou em parte as partes de um vídeo.

Mas ainda se pode colocar uma questão. E se eu não tiver um dos elementos, por exemplo sons, que gostaria de utilizar como é que faço?

Não há problema. Saiba que a internet prolifera de elementos que você pode usar gratuitamente. Um dos exemplos a aceder a página de topo do meu blog JotaV Multimédia com o nome Adicionais para Vídeo. Nela poderá encontrar informação detalhada sobre sons, músicas, loops, imagens e clipes de vídeo, totalmente ao seu dispor.

Resumo do Áudio
  • Formatos mais usados: MP3, WAV entre muitos outros
  • Vídeo aulas
  • Tipos de áudio e suas especificidades: Sons, Loops, Música e Narração.
  • Editores de áudio
  • Conversores de formatos
  • Cuidados específicos na narração.
  • Mistura de sons
  • Adicionais para vídeos gratuitos
Se bem se recorda do nosso diagrama inicial eis as partes já referidas e analisadas
Elementos que se usam numa edição de video
Chegou agora o momento de começarmos a falar dos editores de vídeo.


Criar filme - parte 4
Criar filme - Sumário Criar filme - parte 7

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...